Festas de São João geram otimismo em bares e restaurantes


 Cidades com festas juninas tradicionais trazem expectativa de alta no faturamento em algumas regiões do Brasil

O mês de junho chegou. E com ele, as tradicionais festas de São João movimentam diversas cidades pelo Brasil. As festividades vêm para animar as pessoas, que aproveitam os arraiais, quermesses, apresentações de dança e comidas típicas. E quem também aproveita são os proprietários de bares e restaurantes que enxergam na data uma oportunidade de aumento da receita.

No setor de alimentação fora do lar, os estabelecimentos se preparam anualmente para atender a demanda de clientes que as festas juninas trazem. De acordo com um levantamento da Abrasel, no Sergipe, por exemplo, a expectativa é que se tenha um aumento de até 30% no faturamento. Já na Bahia, o número deve ficar entre 30% e 50%. Descendo o mapa do Brasil, no Rio de Janeiro espera-se cerca de 15%.

Desde bebidas, até os pratos tradicionais, os empreendedores ficam atentos para se adequar ao que envolve todo o mês de junho. Quem confirma isso é Melentino Tedesco, da Tedesco Alimentos, em Santo Antônio de Jesus, na Bahia. Ele afirma que tem preparado pratos especiais com milho e amendoim para a clientela. Além disso, destaca que aumentou em 15% o quadro de funcionários para atendê-los.

Porém, apesar do otimismo em determinadas regiões, a palavra que define as festividades deste ano é estabilidade. Em relação ao ano passado, percebe-se uma manutenção de modo geral no movimento.

“A tradicional festa junina no Nordeste é uma celebração que gera grande expectativa de crescimento no faturamento do setor, especialmente para os estabelecimentos localizados nas cidades que sediam as festas mais tradicionais. O São João, ao coincidir com um final de semana, oferece um convite adicional para que a população desfrute dessa data tão animada nos bares e restaurantes”, afirma Paulo Solmucci, presidente-executivo da Abrasel.

Além de aquecer a economia local, as festas juninas promovem a cultura brasileira, e fortalece o vínculo das pessoas com tradições, principalmente na região nordeste. Isso abre espaço para que os empreendedores de bares e restaurantes possam criar experiências para os clientes por meio de adereços e ingredientes típicos.

Para quem frequenta os arraiás, a celebração de São João é um momento de confraternização. Apoiar este tipo de evento é uma forma de contribuir e prestigiar as tradições culturais, além de fomentar a economia local.


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Últimas

BRB